Sergipano, 26 anos. Sou designer e mestrando em ciências da religião. Amante dos livros de fantasia, café, gatos, cachorros, taurino, filho de Logunedé e um dos sacerdotes do Centro Cultural Erukerê em Aracaju/SE. Hoje, trabalho como artista e  freelancer na área de branding, editorial e ilustração. Em 2019 fui finalista do 1º Prêmio de Design Tomie Ohtake Leroy Merlin com o projeto “Sergipe Encantado”, meu xodó. Nesse mesmo ano fundei dentro de meu terreiro, o coletivo de design Lèguà, onde junto de outros designers macumbeiros buscamos atender demandas de comunidades de terreiro e projetos do meio cultural. O primeiro projeto do coletivo Lèguà foi o vencedor do concurso de cartazes da 35ª edição do Festival de Artes de São Cristóvão.